Por Cátia Semião

O Chi Kung é uma disciplina da medicina tradicional chinesa. É uma técnica Chinesa de treino interior que tem como objetivo o equilíbrio de um individuo como um todo: físico, mental e espiritual. Resulta numa experiência de milhares de anos no uso da energia para tratar doenças, promover a saúde e longevidade, expandir a mente, alcançar diferentes níveis de consciência e desenvolver a espiritualidade. Esta técnica foi usada por antigos guerreiros chineses, de forma a potenciar as suas capacidades, como o foco, a atenção e o trabalho de força.

Nesta prática terapêutica realizam-se exercícios que combinam movimentos suaves com uma respiração controlada, na qual a atenção e a visualização do praticante estão concentradas nas várias partes do corpo, de modo a alterar o fluxo de energia.

Esta prática é vista com muito ceticismo por parte dos membros da Comunidade Médica do Ocidente, apesar de a Organização Mundial de Saúde já a ter incluindo dentro da Medicina Tradicional Chinesa. No hospital da Cruz Vermelha de Beijing estão a ser conduzidas experiências em áreas como o cancro e a hipertensão.
Nos hospitais de Medicina Tradicional Chinesa, na China, o Chi Kung é uma prática terapêutica de rotina sendo utilizada com outras especialidades de Medicina Chinesa ou Ocidental.

De acordo com o site de Medicina Chinesa, o Chi Kung também está associado a diversas artes marciais chinesas tais como: o Tai Chi Chuan. Neste contexto, além de ser uma forma de aprimorar a saúde do praticante, pode também ser empregue como método de defesa ou de ataque.

A prática de Chi Kung traz vários benefícios para melhorar corpo, mente e alma, como equilibrar um corpo agitado física e emocionalmente reduzindo sintomas como insónia, angustia, depressão, dores nas costas e hipertensão; melhorar a postura, tonificar os músculos fortalecer e flexibilizar a coluna vertebral, os tendões e as articulações; aumentar a concentração mental; ajudar a manter a calma e o equilíbrio no dia-a-dia; controlar o apetite excessivo e a alimentação irregular; aumentar a coordenação e o equilíbrio e melhorar o desempenho a nível pessoal e profissional.

Fontes: http://www.institutoreflexologia.com/chi-kung; http://www.medicinachinesapt.com/chi_kung.html; https://caminho-natural.org/chi-kung/

Menu